Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

quinta-feira, 6 de julho de 2017

O Materialismo Dialético: A religião obnóxia dos socialistas

Conversei com comunistas brasileiros e soviéticos a respeito do problema religioso na União Soviética. A conclusão dos fatos é que religião e marxismo são duas coisa antípodas, duas concepções filosóficas que se repelem e não podem coexistir na mesma consciência. Aquele que aceita um sistema doutrinário de sentido essencialmente materialista como é o caso do marxismo, na verdade não tem e nem pode ter necessidade de nenhuma crença religiosa, porque dentro da sua concepção materialista do universo e da vida, não há lugar para problemas de índole puramente espiritual. A única “religião” de um marxista é o próprio materialismo dialético. E se a igreja continua a sobreviver precariamente na Rússia hodierna, pelo menos quanto à sua presença física, isto acontece apenas porque essa igreja afundou-se na ignomínia e escolheu o caminho da capitulação obnóxia, diante do despotismo do Estado, que a transformou num mero instrumento de opressão e violência contra os “recalcitrantes” que vieram do regime anterior com uma educação religiosa mais ou menos definida. Só por esta razão e com este fim, existem igrejas ainda abertas na Rússia.

Texto extraído do livro “A sombra do Kremlin, escrito por Orlando Loureiro (PDF, aqui)  

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI